segunda-feira, 8 de junho de 2009

Jaculatórias

Senhora inspiração
milagrosa e parteira
sede nossa guia
na mortal carreira

Ó virgem poieses
sacrário de amor
dai n’alma desvalida
vosso poder no labor

Ó verve criativa
fiel e seguro norte
Dai-nos graças, di-vida
favorecei-nos na morte

O palavra concebida sem percauço
Rogai por nós que a lemos
E por todos que não lêem
Nenhum clássico dos tempos

Leitor Misericordioso
Eu confio e espero por vós

Malogrado critico literário
Eu confio e espero por vós

Doce e leitora família
Sede a nossa salvação

Imaculada rainha palavra
Dai-nos a paz

Ilimitada linguagem
Sede a nossa salvação

Zeus, pai do ocidente
tende piedade de nós

Nosso Leitor Bom Juiz
tende piedade de nós

Divino Espírito Crítico
tende piedade de nós

Santíssima Linguística
tende piedade de nós

Divino Espírito Crítico, iluminai-nos, julgai-nos, dai-nos sabedoria, discernimento, humildade e pureza na produção

Leitor, ávido e exigente, fazei os nossos olhos semelhantes ao vosso

Nossa Semiótica Senhora,
providenciai

Sagrado ímpeto de Leitor que tanto nos lêem, fazei que eu escreva cada vez mais

Leitor inveterado,
nosso EU amado

Um comentário:

zanzara disse...

ande starling! seus textos estão densos! gostei! ousados!!!

bacana demais!

abraço!!

Francesco.